Excepcionalmente neste ano, o calendário escolar assegurará o mínimo de 800 horas, sem, necessariamente, atingir os 200 dias letivos, conforme dispõe o artigo 24 da Lei nº 9.394, de 1996.

Isto, porque, a medida provisória nº 934, de 01 de Abril, estabeleceu normas sobre o ano letivo de 2020 decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública.

  • Utilização de todos os recursos disponíveis, desde orientações com textos, estudo dirigido e avaliações, bem como outros meios remotos diversos, para prosseguir as aulas dos Cursos;
  • Recursos oferecidos pelas Tecnologias Digitais de Informação e comunicação para alunos da educação Profissional de nível Técnico;
  • Em caráter excepcional, na atual situação emergencial, quaisquer componentes curriculares poderão ser trabalhados em ensino remoto, nas instituições de ensino que puderem oferecê-lo, observadas as possibilidades de acesso pelo estudante e professores, deverão ser registradas.

 

Ocorrido  em  2.020.

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Solicitamos o favor de comunicarem  através  do  e-mail  enfermig@uol.com.br.(inclusive solicitações de documentos)

Muito obrigado.